Desenvolver e implantar ações de comunicação e sensibilização aos atores: Academia (universidades, Institutos tecnológicos, Institutos de pesquisa); Setor público (analisa projetos -EIA/RIMA, fiscalização, licenciamento; gestão municipal/estadual; Secretarias de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade – SEMAS, prefeitos, deputados); Setor privado (levantamento de informações e fomento a pesquisa); Agências de fomento (CNPq, Fundações de Amparo à Pesquisa – FAPs, FINEP, internacionais, e outras); Sociedade civil (comunidade tradicional; comunidade local, que provoca ou sofre as consequências dos contaminantes); Terceiro Setor (mobilização e articulação de ações entre os setores).

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>